Atendimento
Atendimento ao cliente: +55 11 3405-7800
Área do Cliente
  Área do Cliente    
EMDOC
MENU
x Home Empresa Diferenciais Publicações Serviços Eventos Boletins Escritórios Fale Conosco

Presidente eleito do México propõe a Trump série de políticas para reduzir imigração

O presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, propôs por meio de uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, uma série de políticas para reduzir a imigração e resolver de maneira conjunta os problemas e entre os dois países.
 
A carta foi entregue à equipe de trabalho liderada pelo secretário de Estado dos EUA, Michael Pompeo, que visitou o México no último dia 13 de julho para se reunir com López Obrador.
 
O futuro chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, foi o encarregado de ler a carta de López Obrador, que propôs a Trump "fazer um esforço para avançar nas áreas nas quais estão a essência da relação bilateral: comércio, migração, desenvolvimento e segurança".
 
"É necessário encontrar um caminho comum nesses quatro temas para avançar em outros pontos da relação bilateral", escreveu López Obrador na carta enviada ao presidente americano.
Ebrard destacou que a proposta tem como objetivo iniciar uma nova etapa na relação entre os dois países, baseada no respeito mútuo e na identificação de áreas de interesses comuns.
 
Sobre comércio, López Obrador escreve que vale a pena fazer um esforço para concluir a renegociação do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta).
 
"Prolongar a incerteza poderia conter os investimentos de médio e longo prazo, o que dificulta o crescimento econômico do México", disse o presidente eleito no texto.
 
Quanto à imigração, López Obrador disse que o objetivo fundamental de seu governo é que fazer com que os mexicanos não sejam obrigados a deixar o país devido à pobreza ou violência. 
 
"Nos esforçaremos para conseguir que as pessoas encontrem trabalho em seus locais de origem", indicou.
 
Para isso, o presidente eleito disse que é preciso discutir um plano de desenvolvimento que inclua os países da América Central.
 
"Se neste plano participam os EUA e o México, fornecendo recursos de acordo com a economia dos países centro-americanos, poderíamos disponibilizar uma enorme quantidade de recursos para o desenvolvimento da região", sugeriu López Obrador.
 
O presidente eleito do México ainda disse que 75% do dinheiro desse plano seria destinado a projeto de desenvolvimento. O restante teria como destino o controle das fronteiras e a segurança.
 
López Obrador ainda disse a Trump que seu projeto de governo acabará com a corrupção e com a impunidade no México, destinando todo o dinheiro poupado para financiar o desenvolvimento do país.
 
Outra proposta informada na carta é uma criação de uma zona franca na fronteira norte do México para promover investimentos, desenvolvimento produtivo e a geração de empregos, estratégia com a qual López Obrador pretende manter os mexicanos no país.
 
"E tenho certeza que podemos chegar a acordos para enfrentar juntos os problemas bilaterais, respeitando os direitos humanos o tempo todo", escreveu o presidente eleito na carta.
 
Fonte: UOL notícias
VOLTAR
Fale ConoscoFALE CONOSCO
ATENDIMENTO AO CLIENTE Um canal aberto para sugestões, críticas e elogios.
E-mail: emdoc@emdoc.com - atendimento@emdoc.com
Tel.: +55 11 3405-7800
EMDOC - Mobilidade Superando Fronteiras R. Luis Coelho, 308 - Térreo
São Paulo / SP - Consolação - 01309-000
Tel.: +55 11 3405-7800
Fax: +55 11 3405-7868
ATENDIMENTO AO CLIENTE
Um canal aberto para sugestões, críticas e elogios.
E-mail: emdoc@emdoc.com - atendimento@emdoc.com
Tel.: +55 11 3405-7800

R. Luis Coelho, 308 - Térreo
São Paulo / SP - Consolação - 01309-000
Voltar para o topo